Olá, leitores! Nessa minha jornada de atuação com desenvolvimento de pessoas e times, acabo ouvindo e respondendo muitas perguntas sobre Mentoria e Coaching. Pensando nisso, selecionei as três perguntas que mais ouço sobre esse tema para compartilhar com vocês.

Se você tiver alguma diferente dessas,já anota e nos envie depois nos comentários =D

1 – “O que é Mentoria e o que é Coaching?”

Mentoria são atividades onde um profissional que é referência num determinado assunto compartilha suas próprias experiências e aprendizados a fim de ajudar alguém (nesse caso o mentorado) a alcançar um objetivo. Orienta dando respostas e apontando caminhos a serem percorridos.

O Coaching é um processo que se utiliza de ferramentas e práticas de diversas áreas do conhecimento para auxiliar o coachee a alcançar seus objetivos através dos seus próprios recursos e percepções. Estimula o coachee através de perguntas (quem buscou o processo) a achar suas próprias respostas e caminhos.

2 – “Qual a melhor das duas abordagens: Coaching ou Mentoria?”

Depende da sua necessidade.

As duas abordagens possuem benefícios e podem ser utilizadas em paralelo se possível. Acho válido que algumas outras perguntas sejam respondidas antes:

  • O que está buscando atingir é algo mais específico da sua área de atuação ou do seu dia-a-dia?
  • Já possui alguns conhecimentos e competências e não sabe colocar em prática?
  • Está buscando exemplos de como e por onde seguir?
  • Está buscando formas de colocar na prática o que já conhece e não sabe como?
  • Tem clareza de onde quer chegar?

Se respondeu sim para a maioria das perguntas, a sua tendência é seguir para a Mentoria, contrário para Coaching.

3 – “Posso ser Coach e Mentor da mesma pessoa”?

Sim. Em alguns casos, o Coach também é especialista no assunto do seu cliente e pode sim alternar para o papel de mentor e orientá-lo se esse for o desejo do coachee.

É muito importante deixar claro quando esse momento de alternância acontece. Ex: O Coachee definiu que a próxima ação dele é aprender uma técnica de gestão de tempo. Se você conhece, não precisa esperar o coachee investir um tempo buscando um conceito, teoria ou prática.

Nesse caso, o coachee já se conscientizou do que ele precisa e você está acelerando a curva de aprendizado dele. Então, pode sim, explicar essa técnica.

Diferente se você chegasse para ele dizendo que ele precisa aprender uma técnica de gestão de tempo.

O contrário também acontece. Em alguns casos, o mentor se utiliza de práticas do Coaching, como as chamadas perguntas poderosas e perguntas abertas, para auxiliar o mentorado a enfrentar alguns obstáculos.

Quer saber mais práticas de facilitação, veja o nosso treinamento de Técnicas Ágeis de Facilitação.

Quer saber mais sobre esse assunto, veja outros posts relacionados no nosso blog:

Tem mais questões? Compartilha conosco e tentaremos responder =D