Muitos já chegaram para mim com a seguinte pergunta: como me tornar um Scrum Master?

Ou quando se tornam um, simplesmente perguntam: “YAY! Virei Scrum Master e agora?” Ainda há muitas dúvidas sobre quem é o Scrum Master e o que faz. Como no mercado é uma profissão com crescente procura, e simplesmente não existe nenhuma faculdade que forme um, fica a pergunta: e agora?

Lembro que quando fiz o treinamento de CSM com Marcos Garrido, em 2011, tudo ficou mais claro e decidi me tornar um Scrum Master.

Quando se fala dos 4 domínios da agilidade, percebemos que o Scrum Master é o papel que está focado na cultura do time. Sendo um especialista do processo Scrum e com um conjunto de competências comportamentais, ele ajuda o Time Scrum na jornada para entender o processo, seus valores, regras e práticas de forma que seu time seja auto-organizado.

No treinamento de CSM, a ferramenta criada por Rafael Sabbagh, É / Não É / Faz/ Não Faz, nos ajuda a entender de forma colaborativa este papel. Colocarei alguns pontos neste formato e focarei em alguns. Vamos lá!

O(a) Scrum Master É:

  • Líder Servidor e guia para o Time Scrum
  • Um facilitador
  • Presente para ajudar todo o Time Scrum
  • Um Agente de Mudança
  • Especialista do processo Scrum
  • Um resolvedor de conflitos
  • Suficientemente neutro
  • Pró ativo, autoconfiante e corajoso

O(a) Scrum Master Não É:

  • O Product Owner do Time Scrum (parece óbvio, mas explicarei mais a frente)
  • Chefe
  • Gerente de Projetos
  • Um complicador para o Time Scrum
  • Dono do projeto
  • Dono do time
  • Dono dos quadros
  • Proxy entre o PO e o time

O(a) Scrum Master Faz:

  • o Product Owner entender o desenvolvimento empírico do produto
  • o Time Scrum entender os propósitos das cerimônias do Scrum
  • habilita o time a aumentar sua autonomia
  • ajuda o time a remover impedimentos
  • ajuda a organização na adoção do Scrum
  • trabalha com outros Scrum Masters da organização para aumentar a eficácia da aplicação do Scrum
  • facilita e cria mecanismos para guiar o time a ter auto-organização

O(a) Scrum Master Não Faz:

  • dizer ao time de desenvolvimento como transformar os itens do Product Backlog em um potencial produto
  • atualizar sempre os quadros do time
  • dizer como deve ser feito
  • chefiar o time
  • cobrar o Time Scrum pelas entregas ao final do ciclo

Confira mais artigos sobre o papel do Scrum Master:

Scrum Master: O Facilitador Hábil
Scrum Master habilita o time a aumentar sua efetividade
Scrum Master: habilitando a autonomia do time
O Scrum Master não é intermediário ou representante
O Scrum Master é um especialista nos processos, não no conteúdo

Scrum Master deixa o time à deriva?

Para explicar, usarei a analogia da bicicleta. O time está andando de bicicleta sem as duas rodinhas. Maravilha! Scrum Master deixa esse time e vai para outro… Calma! Mesmo o time andando sem rodinhas, sendo auto-organizado, ele pode cair. E… cadê o(a) Scrum Master? Pois é! Neste caso, é melhor que, mesmo que o time já tenha alcançado um nível de maturidade interessante, o Scrum Master esteja ali sendo sempre o alicerce para que, se um dia o time cair, ele(a) possa perguntar: por que caímos? O que podemos fazer para não cair mais? Quais os próximos desafios que teremos? Temos que incrementar nossa bicicleta?

E é bom lembrar que Bruce Tuckman diz que quando um integrante entra ou deixa o time, este se tornará algo diferente do que era. Então, você como um Scrum Master deve sempre ficar atento!

Scrum Master x Chefe/Líder ou Gerente de Projetos

Já vi muito isso em empresas no qual o Scrum Master tem ao mesmo tempo um cargo de gestor de projetos. O Scrum Master facilita a autonomia do time e sua auto-organização para que este aumente sua eficiência. Em outras palavras, o próprio time de desenvolvimento é responsável por ele e por suas entregas. Lembrando que o Scrum Master é um líder servidor dentro do time, ele vai observar e compreender o time para que atinja melhores resultados.

Scrum Master “muleta do time”

O time sempre precisa do Scrum Master para resolver tudo o que veem pela frente. Se o Scrum Master não estiver, nada anda, não tem reunião diária, o time não atualiza o quadro, entre outros comportamentos disfuncionais. O time fica dependente do Scrum Master para puxar tudo e resolver todos os problemas. Com isso, quando o time será auto-organizado? Esse é o Scrum Master “muleta do time”. Normal no início da adoção ao Scrum isso acontecer, mas é que nem andar de bicicleta pela primeira vez: primeiro o time vai com as duas rodinhas, depois o SM vai dando autonomia, tira mais uma rodinha e depois o time continua sem as duas rodinhas.

Mapa de Empatia: Scrum Master

Exemplo: Mapa de Empatia do Scrum Master

Sou Scrum Master e Product Owner

Muitas vezes a pessoa herda essas duas responsabilidades sem o poder de escolha. O Product Owner está focado em criar o melhor produto. Já o Scrum Master está focado em ter o melhor time. Como ser suficientemente neutro nesta situação para que o time seja auto-organizado? É bem difícil! Por isso, o Scrum Guide prescreve dois papéis diferentes para não ter o famoso pensamento intrínseco: “vou puxar pra minha sardinha agora”.

Uma sugestão, por exemplo, é a aproximação da gerência para poder fazer dinâmicas e entender a diferença entre os dois papéis. Andressa Chiara escreveu um ótimo post sobre o que é um Product Owner e o que faz. Confira!

Se faltou algum item que você acha interessante, adicione aqui nos comentários. Vamos conversar mais sobre Scrum Master. Vamos colaborar!

E aí, se identificou com o papel de Scrum Master? Confira as datas e venha participar do nosso curso de Certified Scrum Master (CSM) e conquiste a certificação internacional pela Scrum Alliance!

Já é Scrum Master e deseja aprender a como facilitar reuniões e resolver conflitos no seu time ou empresa? Participe também do nosso treinamento de Técnicas Ágeis de Facilitação.

Abraços e até a próxima.