O Scrum Master olha no relógio. É hora da Daily Scrum. Seu time não se mexe. O Scrum Master pensa: “ai meu deus, lá vou eu de babá de novo”. Puxa um por um pelo braço e encontra resistência. “Vamos lá, pessoal, hora da Daily Scrum. Vamos!”

O Time de Desenvolvimento entra na sala de reunião. Eles já conhecem bem a rotina. Quinze minutos. Todos de pé. Cada um deve responder às três perguntas:

– O que eu fiz desde a última Daily Scrum para ajudar o time a alcançar o objetivo da Sprint?
– O que eu pretendo fazer até a próxima Daily Scrum para ajudar o time a alcançar o objetivo da Sprint?
– Houve algum impedimento que atrapalhou a mim ou ao time a alcançar o objetivo da Sprint?

O primeiro puxa a palavra e começa, monotônico: “desde ontem fiz isso, isso e aquilo, até amanhã vou fazer aquilo, aquilo e aquilo e não houve impedimentos”. O próximo membro do time vai pela mesma linha, quase como um robô: “…e não tive impedimentos”. E o próximo. E o próximo. Enquanto isso, outros membros do time, desinteressados, consultam o celular, ou simplesmente viajam, quase dormem. Ninguém entende bem o que está fazendo ali. A reunião é muito chata e sem propósito.

Em outra sala, outro time e seu Scrum Master também estão fazendo a Daily Scrum. Cada membro do time se vira para o Scrum Master e responde às três perguntas. O Scrum Master faz caras e bocas, comenta, sugere e anota. A reunião termina e o Scrum Master está preocupado com o andamento da Sprint. Pensa em como ele irá cobrar mais empenho do time para que os itens planejados estejam completos ao final da Sprint.

Por fim, mais para o final do dia, um quarto time termina a Daily Scrum com quarenta e poucos minutos. Eles se perderam em discussões técnicas e esclarecimentos de questões de negócios. Parecia que eles queriam resolver todos os problemas na reunião. Alguns debates foram bem acalorados e completamente infrutíferos. E parece que isso é uma constante para esse time.

Mostramos aqui alguns cenários de Daily Scrums bastante disfuncionais. O fato é que a Daily Scrum não é uma reunião de status. Não é uma reunião de prestação de contas. Nem entre os membros do time, nem para o Scrum Master. Também não é uma reunião de resolução de problemas. A Daily Scrum é uma reunião de PLANEJAMENTO. Sim, o time, preferencialmente em frente ao seu quadro de tarefas, planeja o que irá fazer até o próximo dia de trabalho, até a próxima Daily Scrum.

Algo como: “eu vou fazer essa tarefa aqui”. “E eu vou fazer aquela”. “Vamos puxar essa juntos”? “Não essa aqui tá impedida, mas o SM já tá resolvendo”. O Time de Desenvolvimento conversa e cria visibilidade sobre o seu trabalho para o próprio time, de forma a conseguir se planejar. É claro, o time tira muito mais benefício e tem muito mais interesse na reunião se de fato trabalhar como time. Ou seja, todos juntos, a partir do item mais prioritário.

E as famosas três perguntas? Elas podem ser um bom guia para times que estão começando com Scrum. Mas elas são o meio, e não o objetivo. Já vimos muitos times maduros ignorando essas perguntas padrão e tirando muito mais benefício da reunião.

Click here to read this post in english.