Mitos e Fatos sobre a Daily Scrum

No início deste mês tivemos a 4ª edição do Scrum Gathering Rio. Foi de longe a maior edição do evento, contando com 500 participantes e 165 pessoas na fila de espera. Jeff Sutherland, co-criador do Scrum, foi nosso convidado e um dos nossos Keynotes, juntamente com Ademar Aguiar, um dos agilistas mais brilhantes pelo mundo. Entre as inúmeras conversas que tivemos, uma em especial foi bem interessante: Daily Scrum.

Como era a primeira vez de Jeff no Brasil, gastamos um fim de semana inteiro visitando pontos turísticos e, claro, falando sobre Scrum. Todos nós aprendemos bastante saboreando cervejas artesanais, sempre bem geladas ;P

A definição do Jeff sobre a Daily Scrum foi simples, mas ao mesmo surpreendente: “Qual é a menor mudança que podemos fazer hoje para que esta sprint nos torne ainda mais rápidos e nos ajude a entender melhor nossa organização?”

Como trainer e coach, continuo observando várias disfunções nas reuniões de Daily Scrum por aí. Geralmente, a causa raiz é que as pessoas, muitas das vezes, não entendem o propósito daquilo que estão fazendo. Infelizmente, o mesmo se aplica às reuniões de Review e Retrospectiva.

A falta de conhecimento do propósito daquilo que fazemos diariamente é mais comum do que se imagina. Alguns mitos ainda estão sendo cultivados e meu objetivo neste post é explorar somente os três primeiros que, na minha opinião, são os mais importantes. Os três principais mitos são:

#1) Daily Scrum como status report:

Gerentes e, por quê não, gerentes de projetos, continuam sentindo a necessidade, mesmo que pequena, de implementação do Comando e Controle. Esta é a principal razão pela qual muitas organizações estão usando a Daily Scrum como reunião de status report.

Assim, a Daily Scrum deixa de ser uma reunião auto-organizada dos membros do time e passa a ser um momento de avaliação de como o trabalho está sendo feito.

Como o Jeff diz, não é possível fazer o dobro do trabalho na metade do tempo se os princípios não estão sendo seguidos corretamente. A Daily Scrum não é uma reunião de status report..

O Scrum Guide diz que os membros do time usam a Daily Scrum para acompanhar o progresso em relação ao Objetivo da Sprint. Outro ponto importante que o Scrum Guide traz é que o ScrumMaster deve sempre lembrar que a Daily Scrum pertence aos membros do time e cabe a eles decidirem como irão conduzir.

#2) Daily Scrum como uma reunião para resolver problemas

Existe uma razão para a Daily Scrum também ser conhecida como Standup Meeting: se as pessoas sentarem, a probabilidade da reunião se estender mais do que o necessário aumenta significativamente.

O Scrum Guide deixa claro: “A Daily Scrum é uma reunião de 15 minutos para o Time sincronizar as atividades e criar um plano para as próximas 24 horas.”

Muitas pessoas, equivocadamente, acreditam que a Daily Scrum é usada para:

  1. notificar problemas para o ScrumMaster;
  2. discutir como resolver o problema que você teve no dia anterior (e que não foi resolvido ainda);
  3. reunir os membros do time para discutir questões técnicas.

Apenas para deixar claro: caso você encontre um impedimento que não pode resolver por conta própria, você deve pedir ajuda no mesmo momento. Não espere até a próxima Daily para resolver o problema, ok?

#3) Daily Scrum como o único momento para atualizar o quadro do Time

Você já viu isso, certo? Os membros do time esperam até a Daily para mover todas as tarefas completadas durante o dia de desenvolvimento. Mas pera aí: qual o motivo de termos um quadro lindamente estruturado, num local onde todos podem ver, se ele fica 23 horas e 45 minutos desatualizado todos os dias?

Quando uma tarefa for concluída, coloque-a no done e mova a próxima tarefa para o doing. Não espere até a próxima Daily. Isso não faz sentido nenhum. Lembre-se sempre da seguinte regra: o quadro do time precisa estar sempre atualizado. E a responsabilidade de mantê-lo assim é sua e de cada membro do time.

E como está a Daily Scrum do seu time?

A Daily Scrum é incrivelmente efetiva se você executá-la corretamente. Ela é simples e direta, mas você precisa se perguntar o tempo todo: será que eu sei por quê estou fazendo isso?

Pensar assim pode te ajudar a chegar sempre no próximo passo. Espero que tenha gostado deste post sobre a Daily Scrum e espero que possa te ajudar a  refletir sobre o quão efetiva é a Daily do seu time.

Deixe o seu comentário 😉

Por | 2017-08-02T19:26:43+00:00 27 de julho, 2017|Facilitação, Scrum|

Sobre o Autor:

4 Comentários

  1. Leonardo Felipe 29/07/2017 em 20:21- Responder

    Em um grupo de agilistas foram comentadas algumas proposts sobre a daily e gostaria da sua opinião a respeito. Foram elas:

    Podemos fazer a Daily após a reunião de Planning ?

    Se a Planning for a tarde, podemos fazer uma Daily pela manhã ?

    Podemos adaptar o Scrum para atender a realidade da nossa empresa e sermos ágeis nas mudanças ?

    • Marcos Garrido 02/08/2017 em 15:36- Responder

      Vamos lá. Respostas inline 😉

      1)Podemos fazer a Daily após a reunião de Planning ?

      Sim, pode, claro. Mas lembre-se que o objetivo da daily é ajudar o time a se auto-organizar e planejar como vai atacar o trabalho que tem pela frente nas próximas 24 horas. Então lá no Scrum Guide a gente tem aquelas famosas 3 perguntas: O que fiz ontem, o que vou fazer hoje e que impedimentos tenho. Mas pq vc faria isso no primeiro dia? Bom, não dá pra responder 2 das 3 perguntas, certo? Ontem foi Domingo 🙂 e ainda não há impedimentos, mas é muito legal pensar como o time vai se auto-organizar pro primeiro dia de trabalho.

      2)Se a Planning for a tarde, podemos fazer uma Daily pela manhã ?

      Nesse caso eu deixaria pra fazer a Daily só no dia seguinte mesmo…

      3)Podemos adaptar o Scrum para atender a realidade da nossa empresa e sermos ágeis nas mudanças ?

      Essa pergunta não é tão simples. Ela depende do tipo de adaptação que você está se referindo. Se quiser nos explicar mais, será um prazer responde-lo 😉

  2. Rodrigo 19/10/2017 em 23:25- Responder

    As atividades dos time as vezes levam 2 ou 3 dias para serem concluídas. Então eles questionam o propósito da reunião ser diária porque eles repetem o discurso do dia anterior.
    É comum essa situação? Fatiar a demanda para caber em um dia nem sempre é possível.

    • Avelino Ferreira 18/11/2017 em 23:13- Responder

      A busca por atividades que caibam em 1 dia tem como principal objetivo dar foco ao trabalho do time.

      Tive um exemplo prático recente e que ajudou bastante nesta questão. Dois times que passei tiveram que construir processos batch complexos. Um deles, mais detalhista, quebrou o processo em pedaços (tarefas) bem pequenos: “Motor de validação; Entrada JSon; Saída JSon; DAO; Motor de mensagem…”. O outro colocou apenas a atividade: “Construir batch do XYZ”, pois, segundo eles, o batch era complexo demais para ser dividido.

      No primeiro time, todo dia eles andavam com uma tarefa. Alguns dias a tarefa levou mais tempo para ficar pronta, mas isso não atrapalhou. Já no segundo a resposta durante toda a Sprint foi a mesma: “Estamos fazendo”. Resultado: O primeiro time acabou o batch no 5º dia da Sprint. O segundo terminou a Sprint de 10 dias úteis sem conseguir entregar.

      Na retrospectiva, quando questionado o que faltava ser construído no batch, os desenvolvedores do segundo time não sabiam responder e ficaram visivelmente desconcertados. Tinham uma parte de tudo e ao mesmo nada.

      A falta de foco dificulta a entrega.

Deixar Um Comentário